Desobedecer e Ocupar para Conviver: Centro Cultural Ouvidor 63

A Ocupação Artística-Cultural Ouvidor 63, contrariando as práticas neoliberais que expulsam para higienizar e gentrificar os espaços urbanos, é uma via real que aposta na construção e na restituição das práticas coletivas-conviviais e nos objetivos de uma vida em comum. https://youtu.be/vN0tHY6x5k8

Considerada a maior ocupação artística-cultural da América Latina, o espaço abriga artistas em ateliês-residências que promovem atividades artísticas, culturais e educativas. Recentemente, a ocupação foi oficialmente reconhecida como espaço cultural e recebeu o selo Ponto de Cultura do estado de São Paulo.

É possível imaginar, viver e conviver em cidades criativas, lúdicas, afetivas, solidárias, mesmo no centro da cidade de São Paulo, uma cidade global. O Centro Cultural Ouvidor 63 está aí para nos mostrar que outros mundos são possíveis. No Ouvidor 63 a arte é política de re-existência!

Desobedecer, Ocupar, Conviver e Compartilhar da Vida em Comum é possível!

Cidades Afetivas investem em novas formas de viver e ocupar as cidades, desobedecendo a lógica neoliberal existente. Nós Somos a Cidade!

Acompanhe a agenda de eventos do Ouvidor 63 nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/ouvidor63/

Instagram https://www.instagram.com/centroculturalouvidor63/

Vivian Blaso
Por

Vivian Blaso

Doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP, pesquisadora do Núcleo de Estudos da Complexidade – COMPLEXUS. Pesquisadora no Pós Doutorado em Cidades Globais no IEA USP. Professora em Universidades, Palestrante, Coach, Autora do livro Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização, Sócia na Conversa Sustentável. Artista. Signatária do Manifesto Convivialista. Apaixonada pelas cidades e seus movimentos. Dedica-se à educação, sustentabilidade, convivialismo e ao bem viver.

Comments are closed.