Desobedecer e Ocupar para Conviver: Centro Cultural Ouvidor 63

A Ocupação Artística-Cultural Ouvidor 63, contrariando as práticas neoliberais que expulsam para higienizar e gentrificar os espaços urbanos, é uma via real que aposta na construção e na restituição das práticas coletivas-conviviais e nos objetivos de uma vida em comum. https://youtu.be/vN0tHY6x5k8

Considerada a maior ocupação artística-cultural da América Latina, o espaço abriga artistas em ateliês-residências que promovem atividades artísticas, culturais e educativas. Recentemente, a ocupação foi oficialmente reconhecida como espaço cultural e recebeu o selo Ponto de Cultura do estado de São Paulo.

É possível imaginar, viver e conviver em cidades criativas, lúdicas, afetivas, solidárias, mesmo no centro da cidade de São Paulo, uma cidade global. O Centro Cultural Ouvidor 63 está aí para nos mostrar que outros mundos são possíveis. No Ouvidor 63 a arte é política de re-existência!

Desobedecer, Ocupar, Conviver e Compartilhar da Vida em Comum é possível!

Cidades Afetivas investem em novas formas de viver e ocupar as cidades, desobedecendo a lógica neoliberal existente. Nós Somos a Cidade!

Acompanhe a agenda de eventos do Ouvidor 63 nas redes sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/ouvidor63/

Instagram https://www.instagram.com/centroculturalouvidor63/

Vivian Blaso
Por

Vivian Blaso

Doutora em Ciências Sociais pela PUC-SP, pesquisadora do Núcleo de Estudos da Complexidade – COMPLEXUS. Professora em Universidades, Palestrante, Coach, Autora do livro Cidades em Tempos Sombrios. Barbárie ou Civilização, Sócia na Conversa Sustentável. Artista. Apaixonada pelas cidades e seus movimentos. Dedica-se à educação, sustentabilidade, convivialismo e ao bem viver.

Comments are closed.